Robert de Andrade

Eu devia era me perder na vontade de ter o tempo todo, mas de quando em quando sou tomado por um desejo de desvendar o que me faz te buscar em tudo, a todo instante. A distância me causa a estranha impressão de te possuir, não como alguém que aguarda

Leia Mais
Barroso da Costa

Como muitos sabem, é nossa capacidade de esquecer que nos permite sair do presente, revisitar o passado e nos projetarmos no futuro. É esse potencial de esquecimento, de criar uma falta no espaço do imediato, portanto, que nos torna humanos, sendo inerente à concepção do que é humano a capacidade

Leia Mais
Textos de colaboradores

Maxs Portes é um arquiteto da literatura brasileira. São mais de 45 prêmios literários e mais de 50 publicações.  Ele adora sentar com a moçada num boteco e conversar sobre literatura como se tivesse falando de futebol. Maxs é o meu eterno professor e nos deu de presente “Bago a la taurus”, um texto

Leia Mais
O que que há

Sempre ouço algumas pessoas dizerem que o cinema brasileiro é ruim, que quando não mostra mulher pelada incita a violência. Fique então com “Quem matou o Capitão Alex”, uma mega produção ugandesa.   

Leia Mais
O que que há

PALAVRAS E VOZES TÊM FORÇA PARA MUDAR O MUNDO! FAÇA TAMBÉM A SUA PARTE! AJUDE A DIVULGAR ESTA CAMPANHA QUE LUTA CONTRA O AQUECIMENTO GLOBAL! Para mais infirmações clique aqui.

Leia Mais
Desconversas

A cada dia que passa, mais a Ana Maria Braga parece o Louro José.

Leia Mais
Textos de colaboradores

Acabo de desligar a TV: o jornal disparou fulminante sobre os ataques criminosos em São Paulo: ônibus queimados, delegacias, bancos, supermercados e outras lojas depredados e alvejados… Carcereiros, policiais e correlatos aos criminosos – se é que há como diferenciar estes dois últimos – são vítimas de atentados. Homens de

Leia Mais
Robert de Andrade

Os super-heróis me ajudaram a entender que meus atos jamais teriam a magnanimidade necessária para salvar a humanidade do “mal”, ou seja, eu não vou conseguir mudar o mundo. Não o mudei, no entanto não deixei de tentar. Mais tarde, depois de matar o super-homem e o homem-aranha, voltei a

Leia Mais
Robert de Andrade

Um amigo me disse que a cena mais bizarra de Pink Flamingos “é aquela transa no meio das galinhas”. Minha mulher diz que a transa bestial não é nada perto da “dança do cu”. O vendedor de ovos, o aniversário de Divine, a antropofagia grupal… Não adianta tentar encontrar a

Leia Mais