O que que há

O  livro A rua da literatura, a literatura da rua tem como objetivo delinear as configurações da rua como metonímia de passagens na literatura e em outras produções culturais brasileiras. Por isso, como a rua que mistura movimentos diversos, ele se organiza em duas vias em suas interseções: uma referente

Leia Mais
Robert de Andrade

O Brasil está entre os países que mais crescem no mundo, o que não significa a isenção dos problemas de amplitude social. A má distribuição da renda e desemprego, sem dúvida, ainda são barreiras para o crescimento econômico do país. A adoção de programas de redistribuição de renda e outras

Leia Mais
Robert de Andrade

Porei para fora todos os meus demônios, Devolvendo-te as indelicadezas desnecessárias. Num vacilo de tuas pérfidas investidas Terás a minha falsa súplica, Meu impotente remorso, O beijo reprimido E o indulto que não pediste. – Porei para fora toda a minha mágoa E farei de tua vida um inferno. Num

Leia Mais
Robert de Andrade

Resumo O presente trabalho propõe uma reflexão sobre a produção editorial no Brasil na década de 1920, tendo como objeto de estudo o livro Memórias de um sargento de milícias, de Manuel Antônio de Almeida, editado por Monteiro Lobato. A partir dessa edição da obra, lançada em 1925, é possível

Leia Mais
Robert de Andrade

Os nômades são divididos, basicamente, em dois grupos distintos, os caçadores-coletores e os pastores. Ambos não têm uma habitação fixa e permanentemente mudam de lugar. A partir do comportamento desses grupos sociais, farei uma analogia com a leitura e escrita nos suportes tradicionais e no ciberespaço. Para pensar na produção

Leia Mais
Entrevistas

Hermann Hesse, no livro “O jogo da contas de vidro”, afirma que a decadência musical é um sinal seguro da decadência do governo e da nação. Numa época em que em o ridículo já foi ultrapassado pelo extremo mau gosto musical, encontrar um músico como Renato Godá nos enche de

Leia Mais
Textos de colaboradores

Não faço a mínima ideia de quanto tempo estive apagada. Se foram horas ou minutos, sinceramente desconheço. A sensação é de dias. Totalmente desligada. Hibernando. Sei lá. Pouco importa agora. A única certeza – e, por favor, seja razoável comigo antes de pedir para calar minha boca e não reclamar

Leia Mais