Posts In Category

Robert de Andrade

Robert de Andrade

  O caso Carolina Dieckmann é um bom exemplo para se pensar o limite tênue que há entre pornografia e sensualidade. A primeira palavra provém dos vocábulos gregos “pornos” (prostituta) e “graphô” (escrever, gravar), que pode ser entendido como coleção de gravuras ou pinturas obscenas, carácter obsceno de uma publicação,

Leia Mais
Robert de Andrade

Cem anos de solidão é, sem dúvida, um dos melhores livros que já li. Jamais vou me esquecer do Coronel Aureliano Buendía, que morreu sozinho, fazendo peixinhos de ouro.  O mais incrível desta passagem é que ele vendia os peixinhos por uma moeda de ouro, dela fazia outro peixe e

Leia Mais
Robert de Andrade

Até o século XIX, na França, as pessoas sofriam de melancolia e morriam de paixão, depois passaram a ter depressão e morrer de solidão. Antigamente, uma das principais responsáveis pela proliferação das doenças, era a falta de assepsia, atualmente as pessoas têm baixa resistência devido ao excesso de higiene. Na

Leia Mais
Robert de Andrade

  Futebol, até quem não gosta torce. E quando não torce a favor, torce contra. Outro dia perguntei a um moleque: “você torce pra que time?”, “pra nenhum, mas não gosto do Flamengo nem a pau”, ele respondeu. Esse menino, com seus 11 anos, tem lá seus motivos futebolísticos para

Leia Mais
Robert de Andrade

O pouco, faltoso, insistente, Às vezes era uma promessa tão grande E o meio veio num rompante Ficou logo estéril, sem passado, Dado por acabado Já o muito, incompleto e sem futuro, Às vezes me parece bem menos que o pouco… Robert de Andrade Os Impublicáveis

Leia Mais
Robert de Andrade

Tem muita gente incomodada com o projeto dos ministérios da Saúde e Educação que prevê a implantação de maquinas de camisinha em escolas públicas. Obviamente, a maior parte dos incomodados são pais, também o sou, mas invenção não me incomoda tanto quanto a vulgarização do sexo em diversos gêneros musicais e

Leia Mais
Robert de Andrade

Austeridade da palavra do cabra  Aprumado no respeito ofertado por Maria, os meninos e os bichos O couro da cara todo trincado Rachas de sol E manchas do tempo   O velho era o homem Quinem todos os outros Que na labuta se fazem Sem dó dos bichos que mata

Leia Mais
Robert de Andrade

Todo escritor devia ser reconhecido pelo que escreve e não pelo que faz fora dos livros. Isso não é muito comum no Brasil e pelo visto nunca foi. Muitos escritores brasileiros fazem fama antes de lançarem o seu primeiro livro, como se isso fosse uma garantia de sucesso de vendas,

Leia Mais
Robert de Andrade

Para as mulheres Este conto teve sua publicação vedada por conter palavras obscenas, dando, assim, origem a outro texto: O que o cu tem a ver com as calças. Eu era obrigada a lavar suas cuecas sujas de cocô. Quanta humilhação, ele era um devasso, um homem vulgar; qualquer outro sentiria

Leia Mais
Robert de Andrade

  O que o cu tem a ver com as calças eu não sei, mas, pelo visto, ele não tem a ver com muita coisa. Um dia, pela manhã, recebi um telefonema da Revista Acadêmica do SENAC-MG, eles estavam para publicar um dos meus contos que já havia passado por

Leia Mais