Robert de Andrade
Author Archive

Robert de Andrade

Robert de Andrade nasceu em Belo Horizonte, Minas Gerais, em 1980, e além do gosto pela literatura, sempre teve um profundo interesse por livros, na condição de objecto. Começou a ler bem cedo e tem predileção por autores russos e norte-americanos. Cursou Comunicação Social com ênfase em Produção Editorial, sendo o melhor aluno do curso. Na busca pela publicação de seus textos, criou, ao lado de Barroso da Costa e Cind Canuto, Os impublicáveis, dando visibilidade a textos de autores desconhecidos na internet e na revista do grupo (impressa e virtual). Como escritor já publicou contos e resenhas literárias em diversas antologias, sites e revistas. Em 2005 foi finalista do Prêmio SESC de literatura, na categoria romance, com a obra Os Especialistas.

Robert de Andrade

O pouco, faltoso, insistente, Às vezes era uma promessa tão grande E o meio veio num rompante Ficou logo estéril, sem passado, Dado por acabado Já o muito, incompleto e sem futuro, Às vezes me parece bem menos que o pouco… Robert de Andrade Os Impublicáveis

Leia Mais
Robert de Andrade

Tem muita gente incomodada com o projeto dos ministérios da Saúde e Educação que prevê a implantação de maquinas de camisinha em escolas públicas. Obviamente, a maior parte dos incomodados são pais, também o sou, mas invenção não me incomoda tanto quanto a vulgarização do sexo em diversos gêneros musicais e

Leia Mais
Robert de Andrade

Austeridade da palavra do cabra  Aprumado no respeito ofertado por Maria, os meninos e os bichos O couro da cara todo trincado Rachas de sol E manchas do tempo   O velho era o homem Quinem todos os outros Que na labuta se fazem Sem dó dos bichos que mata

Leia Mais
Robert de Andrade

Todo escritor devia ser reconhecido pelo que escreve e não pelo que faz fora dos livros. Isso não é muito comum no Brasil e pelo visto nunca foi. Muitos escritores brasileiros fazem fama antes de lançarem o seu primeiro livro, como se isso fosse uma garantia de sucesso de vendas,

Leia Mais
Robert de Andrade

Para as mulheres Este conto teve sua publicação vedada por conter palavras obscenas, dando, assim, origem a outro texto: O que o cu tem a ver com as calças. Eu era obrigada a lavar suas cuecas sujas de cocô. Quanta humilhação, ele era um devasso, um homem vulgar; qualquer outro sentiria

Leia Mais
Robert de Andrade

  O que o cu tem a ver com as calças eu não sei, mas, pelo visto, ele não tem a ver com muita coisa. Um dia, pela manhã, recebi um telefonema da Revista Acadêmica do SENAC-MG, eles estavam para publicar um dos meus contos que já havia passado por

Leia Mais
Robert de Andrade

 “Nada temos a temer, exceto as palavras” Rubem Fonseca  Nietzsche já dizia que o problema da humanidade é gramatical, no livro A genealogia da moral, ele vai à raiz de palavras como “moral” e “deus” e analisa o processo de significação e re-significação pelo qual elas passaram ao longo da

Leia Mais
Robert de Andrade

  Quando eu estava na 5º série, no primeiro dia de aula, entrou na sala uma professora de cabelos longos e grisalhos e disse que iria ensinar literatura. Uma disciplina que não era português nem matemática e tampouco ciências. A literatura que ela propôs nos ensinar era muito diferente daquela

Leia Mais
Robert de Andrade

Fez cinco séries e cinco repetições no supino reto, com uma carga de 160 kg. Saltou feito um bicho do aparelho e foi dar uma conferida no espelho, assim que ele queria ser o tempo topo: músculos inchados, quase rasgando a pele. Noutro canto da academia seus amigos discutiam calorosos,

Leia Mais
Robert de Andrade

  Água fria caindo sobre meu corpo magro e quente, de costas para a porta e olhando o meu pau ainda adormecido, adormecido, cido, Cida, Cidinha gostosa, tira a roupa lentamente, separa os grandes lábios com os dedos e me faz entrar, vejo suas bochechas ficarem vermelhas, ela agora é

Leia Mais