Robert de Andrade
Author Archive

Robert de Andrade

Robert de Andrade nasceu em Belo Horizonte, Minas Gerais, em 1980, e além do gosto pela literatura, sempre teve um profundo interesse por livros, na condição de objecto. Começou a ler bem cedo e tem predileção por autores russos e norte-americanos. Cursou Comunicação Social com ênfase em Produção Editorial, sendo o melhor aluno do curso. Na busca pela publicação de seus textos, criou, ao lado de Barroso da Costa e Cind Canuto, Os impublicáveis, dando visibilidade a textos de autores desconhecidos na internet e na revista do grupo (impressa e virtual). Como escritor já publicou contos e resenhas literárias em diversas antologias, sites e revistas. Em 2005 foi finalista do Prêmio SESC de literatura, na categoria romance, com a obra Os Especialistas.

GeralRelicário

Não foram as fake news que elegeram o atual presidente As fake news têm só uma pequena parcela de culpa na vitória do candidato de extrema-direita, Jair Bolsonaro, ao posto de presidente do Brasil. Antes de dar seguimento ao texto, preciso esclarecer que estou unicamente me referindo ao termo que

Leia Mais
Robert de Andrade

Segunda-feira Segunda-feira é sempre uma merda Mesmo que eu fique rico Que me apaixone Que seja promovido. Segunda-feira será sempre uma merda Mesmo que tudo dê certo Que me cure das moléstias Que seja absolvido. Segunda-feira será sempre uma merda Mesmo que o meu time vença Que meu projeto seja

Leia Mais
GeralRelicário

Morangos silvestres Por Robert de Andrade Eu pedi Você ficou de pensar Do lado de cá Também me peguei a pensar: Será que ela vai topar? Espero sentado Na confortável cadeira de vime Que eu mesmo restaurei Cuidado por Deus E vigiado pelo diabo, Comendo morangos silvestres Colhidos por Bergman

Leia Mais
Robert de Andrade

Vivemos num tempo em que defender o coletivo se tornou coisa de comunista. A carapuça de comunista não me pesa, pois defender o bem comum é só uma questão de sensatez, o mesmo valendo para os direitos humanos, dos quais faço uso e prezo. Tenho uma queda pelos espaços públicos

Leia Mais
Robert de Andrade

Depois de dois dias de trabalho em Catalão, no Estado de Goiás, segui para Uberlândia, onde passaria a noite e embarcaria no primeiro voo para Belo Horizonte, no dia seguinte, às 14:40. Fiquei em um Hotel no Bairro Santa Mônica, bem perto do centro, da prefeitura e do “shopping” como

Leia Mais
GeralRelicário

Animal emocional Robert de Andrade Meus inimigos são sempre mais sinceros que meus amigos. Quem disse que o que busco nos outros é a sinceridade? Clareza demais cega. Não adianta me mostrar o erro, se você ainda não acertou, nem me ensinar a ser politicamente correto, se vive infeliz na

Leia Mais
Robert de Andrade

Na época de escola, aluno da sétima série do Colégio Flávio dos Santos, situado no cruzamento da Rua Jacuí com Avenida Cristiano Machado, uma das mais movimentadas de Belo Horizonte, participei pela primeira vez de uma manifestação. Mais tarde acabei me embrenhando no movimento estudantil da UBES. Uma colega tinha

Leia Mais
Robert de Andrade

Vou viver o meu tempo Correr, só por esporte Levar a pressa a passos lentos Infringir o relógio alheio. Vou fugir do prazo Sofrer, só por acaso Vencer o tédio na teimosia Partir minha preguiça ao meio. Quero ver o mato crescer Ler Proust enquanto aguardo a minha vez Marcar compromissos

Leia Mais
Robert de Andrade

À noite, na calçada em frente ao Hotel, acendo um cigarro. Aqui não se pode fumar em nenhum lugar, nem no quarto. A área do fumante é a rua. Uma moça muito magra, maltrapilha e provavelmente viciada em crack se aproxima e me pede um cigarro. Depois de entregar-lhe o

Leia Mais
DesconversasRobert de Andrade

A última edição da revista impressa Os impublicáveis, atendendo a sua inconstante periodicidade, foi lançada em abril de 2013. Esse número trouxe como principal temática a mídia e seu editorial alertava para o fato de que somos, ainda, incapazes de transformar sujeitos inanes em ativistas ferozes, desses que encontramos diariamente escondidos

Leia Mais